11 abril 2013

Por quem é detida a dívida portuguesa ?

Os detentores da dívida portuguesa são sobretudo especuladores do mercado.

A 'troika' e o FEEF mostram-se preocupados com o facto de a dívida portuguesa estar a receber a atenção sobretudo de investidores especulativos, e não de investidores tradicionais.

Houve uma participação estrangeira particularmente forte no último leilão de emissão de títulos de dívida (perto de 93%), especialmente dos Estados Unidos.

Mas uma porção ampla desta emissão foi estranhamente comprada por investidores especulativos como 'hedge funds' (25%) ou gestores de ativos, com uma participação extremamente baixa de investidores institucionais convencionais, bancos centrais e outras instituições oficiais (apenas 4% em fundos de pensões e seguros)".

A 'troika' aponta alguns riscos de financiamento que se colocam a Portugal, nomeadamente a elevada necessidade de financiamento nos próximos anos e o facto de o 'rating' atribuído pelas agências de notação financeira estar em níveis de não investimento.

Sem comentários: